sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

(Que horas são?) Hora de Aventura!–”As Aventuras do Caça-Feitiço”

Ou em inglês, “Spook’s”, é uma coletânea de coisas fantásticas criadas por Joseph Delaney, as mais fantásticas que podem existir no mundo, porque cara, é muitjosepho bom. Comecei a ler a série no dia 17 de janeiro e estou agora sofrendo com a espera do oitavo livro da série, que lá no Reino Unido já está no livro 13 :(. A história não é colocada em nenhuma época certa, pelo menos até onde há livros no Brasil, mas eu suponho que  se passe na época da Inquisição, século XI e XII. Toda a história se passa no Condado de Lancashire, na Inglaterra, onde o próprio autor mora.

Vale uma paçoca?

E como! Thomas J. Ward é um jovem de aparência deprimente, magricela e é normalmente desacreditado pelos irmãos. Veja bem, na época os filhos deveriam seguir ofícios diversos e, como Tom (como gosta de ser chamado) mora num Sítio, com seu pai, mãe e seu irmão Jack, deve-se esperar que o magrelinho sirva para alguma coisa no sítio, mas não. O rapaz é o sétimo filho de um sétimo filho, o que dá o poder da visão a ele, ou seja, ele consegue ver seres sobrenaturais, como fantasmas, almas penadas e consegue pressentir o mal. Sendo assim, seus pais decidem que o melhor a fazer pelo garoto é colocá-lo como aprendiz de Caça-Feitiço. O Caça-Feitiço, John Gregory, primeiro faz um teste maroto com Tom, ninguém gostaria de passar por esse teste, mas ele Alice-Deane-the-wardstone-chronicles-22982380-900-740consegue e finalmente, se torna o aprendiz de John. Depois disso, diversas coisas absurdas acontecem, Tom conhece uma garota que o mete em seríssimos apuros, Alice Deane, sobrinha de Lizzie Ossuda, uma feiticeira malevolente da pesada. Como não amar Alice?

As aventuras são narradas de uma maneira cativante, e eu não estou dizendo isso como clichê, é cativante mesmo!! Aquilo prende você a um estado de tensão nunca visto antes, Joseph Delaney é um vovô muito sacana que consegue nos divertir, nos entristecer e perder o fôlego, de verdade, quase não dá pra respirar até o capítulo terminar. Você se perde na leitura de uma forma deliciosa, devora o livro em dias, senão horas.

Enfim, leia! Divirta-se e não se arrependa! Ah, é claro…

Não leia à noite. (:

 

Boa paçoca e aventura.

Um comentário:

  1. Caro Senhor Paçoca;

    Que ótima maneira de introduzir seus leitores ao mundo inescrupuloso e, por que não, enfeitçado de Delaney?

    Confesso que li apenas o primeiro, mas já me considero pronto a embarcar na segunda grande experiência na vida do jovem Ward e seu mestre, até o momento, um pouco desnaturado.

    Não apreciei tanto quanto gostaria e estou de fato em dúvida sobre quais mensagens ou gêneros o autor quer passar/adotar, porém foi um bom e ágil entretenimento. Só abriria mão caso a decepção fosse enorme e como não é o caso...

    Achei "Condado" um tanto sugestivo, porém não se pode ter tudo xD

    Parabéns pelo post e pelo blog, estão a sua cara - e com isso quero dizer que estão repletos de paçoca e dedicação!

    Atenciosamente;

    Sr. C de Livros, livros e metas.

    ResponderExcluir